Marco Pigossi revela medo de se revelar gay ao ser galã de novelas: “Eu tinha”

colaboradores
colaboradores

Gay assumido há menos de dois anos, Marco Pigossi expôs o medo de assumir a sexualidade até por conta do trabalho na televisão. Ex-galã das novelas da Globo, o ator enfrentou muitos receios antes de assumir publicamente o relacionamento homossexual com o cineasta italiano Marco Calvani, em novembro de 2021.

Em entrevista ao Conversa com Bial, Pigossi relatou o preconceito velado que sofreu por causa de sua sexualidade. Por causa disso, ele escondeu quem realmente era com medo da reação do público. “Nunca me foi pedido que isso fosse aberto ou falado sobre. Mas era velado, a partir de relatos, conversas e coisas que eu ouvia das pessoas”, afirmou.

Ele lembrou que esse é um pensamento que ficou no passado e ressaltou que o trabalho de um artista não tem a ver com sua sexualidade. “Isso é um pensamento antigo, porque a gente mostrou através de outros atores que isso é uma grande besteira. O trabalho de atores e atrizes vai muito além disso”, destacou.

Marco Pigossi em entrevista ao Conversa com Bial; ator expôs medo de se revelar gay
Marco Pigossi em entrevista ao Conversa com Bial; ator expôs medo de se revelar gay (Foto: Reprodução/TV Globo)

O medo de Marco Pigossi

Pigossi revelou os muitos medos que viveu por ser gay. “A gente tem muito medo de como isso vai ressoar para as pessoas ao redor. E a gente acabava ouvindo coisas dos próprios pais, que vem de um lugar total de amor e proteção, que é aquele discurso ‘eu tenho muito medo que você sofra’”, disse.

“Isso já causa na gente um medo de existir por si mesmo, que é onde a gente tem medo do que as pessoas vão achar”, completou. O ator pontuou que seu processo de aceitar sua orientação sexual foi ainda mais difícil por ser uma pessoa pública e o fato de que isso iria repercutir. Além disso, ele expôs o medo que muitos artistas enfrentam com receio de assumir e perder trabalhos por conta disso.

Ex-galã da Globo desabafou

“Para mim, foi um processo diferente, porque esse processo de autoaceitação e me reconhecer como homossexual passou por um lugar muito diferente, porque era público. Era para um país inteiro. Eu tinha um medo profissional muito grande”, afirmou Pigossi.

Na entrevista a Pedro Bial, o ator também disse não entender por que homossexuais precisam enfrentar um processo de revelação da sexualidade, algo que não acontece com héteros. “Se a gente pensar que um corpo heterossexual não precisa passar por esse processo, por que um corpo homossexual ainda precisa e tem que passar por esse processo?”, questionou ele.

Marco Pigossi, no entanto, ressaltou que a comunidade LGBTQIA+ teve várias conquistas nos últimos tempos e lembrou dos homossexuais do passado que enfrentaram muitas lutas. “A gente ainda está lutando por Direitos Civis, pelo direito à existência, pela ausência de preconceito e um monte de questões sociais”, pontuou.

“Quanto mais a gente fala, expõe e mostra essa autoaceitação, mais natural a gente faz o caminho para as próximas gerações. Sou eternamente grato às gerações que vieram antes de mim, que passaram por coisas que eu não consigo nem imaginar. Até o dia que a gente não vai precisar mais colocar, aí vai ser o mundo perfeito”, concluiu o ator.

Share this Article